Contador de visitas

contador grátis

segunda-feira, agosto 18, 2008

ONDE VAMOS PARAR?

Temos andado cada dia mais, oprimidos e perseguidos por pessoas das igrejas, sejam elas evangélicas ou mesmo a católica. Não temos mais o direito sequer de expor nossa fé se não quisermos ver nossas casas apedrejadas e nossos nomes vagando de boca em boca como “macumbeiros, feiticeiros, adoradores do demônio” e etc.

Sentem eles, verdadeiro prazer em difamarem as pessoas tão somente porque não praticam a mesma fé. Somos acusados de rituais satânicos e por aí vai.

Mas, o engraçado é que, volta e meia, vemos pastores, padres e outros sendo acusados de desvio de dinheiro, como por exemplo, transportar verdadeiras fortunas em cueca, mala, e em outras ocasiões, padres sendo acusados de pedofilia e nem por isso o nome de sua fé é manchada, e, nunca vemos um sendo punido com a lei. Ao contrário, apenas são transferidos para outras paróquias e tudo bem.

Será que somos nós, Umbandistas e Candomblecistas, adoradores do demônio, ou eles, que tanto nos insultam seriam a própria encarnação do demo? Essa pergunta já fiz e refiz, mas ninguém de suas classes consegue me dar uma explicação convincente.

E as tantas pessoas que em nome de Deus, foram queimadas vivas na inquisição? E os recém-nascidos que foram mortos também pelos tribunais da igreja católica, tão somente porque traziam algumas marcas de nascença como manchas escuras na pele? Alguém pode explicar isso? Apenas sei que, enquanto se degladeiam tentando provar que essa ou aquela igreja é a Representante de Cristo, muitos de seus seguidores estão passando fome.

Seus sumo-sacerdotes andam de carro importado, sentam-se em cadeiras de ouro puro, e as pessoas mais humildes, sequer têm uma casa para morar.

Isso é ser puro perante Deus? Acredito em minha vã ignorância que não. Acredito sim, que para alguém ser puro perante o Criador, deve antes de tudo, renegar as luxúrias deste mundo, a exemplo de Jesus Cristo, que nasceu em uma manjedoura e teve uma vida despojada de qualquer luxo.

Se avareza, derramamento de sangue, calúnia e difamação, forem formas de ser Seguidores de Deus, o que será então o Inferno?

Sérgio Silveira. Tatetú N’Inkisi, Odé Mutaloiá.

Escritor, Pesquisador e Presidente do Conselho Sacerdotal da UNESCAP.

odemutaloia@hotmail.com

odemutaloia@pop.com.br