Contador de visitas

contador grátis

quarta-feira, dezembro 24, 2008

FESTEJEMOS O NATAL, MAS COMUNGUEMOS COM NOSSOS ORIXÁS

Mais uma noite de natal chegou! Hora de trocarmos presentes, de fazermos nossa ceia junto de nossa família e tantas outras coisas. A palavra Natal significa nascimento, e inclusive esse é o maior significado da árvore de natal. Sua origem remonta do século IV, segundo a Enciclopédia Católica em sua edição inglesa.

Essa festividade foi mais uma alegoria criada pelo catolicismo a fim de unir mais seus fiéis em torno da crença à Deus.

Claro que não condeno o uso dessa festividade, afinal, se é para nos lembrarmos de Cristo e de seu suplício, acho válido sim. Apenas penso que deveríamos fazer observações severas de nossas vidas nessa noite, nos lembrarmos de que enquanto nos banqueteamos, muitas pessoas, crianças e idosos, passam fome, sem terem sequer um pedaço de pão para comer. Não seria a época mais oportuna para praticarmos o que Cristo Jesus nos ensinou? Afinal se a época é para nos lembrarmos dele, porque não dividirmos nossa ceia com aqueles que nada possuem?

Devemos fazer dessa noite uma primeira de muitas outras e praticarmos mais os ensinamentos de nossos Orixás, que é basicamente o perdão e a caridade. Nunca vi em minha vida, um orixá nos orientar a cometermos qualquer ato contra um nosso semelhante, nunca presenciei orixá algum, determinar que usássemos da vingança contra quem nos ofendeu, ao contrário: sempre soube que eles, nossos Santos, nos solicitam que deixemos a justiça a critério de Deus e de seus Ministros.

Claro que devemos participar dessa noite com nossos familiares, devemos receber e dar presentes se assim nos for possível, mas temos a obrigação moral de nos mantermos afastados das drogas que consomem nosso espírito: ORGULHO, INVEJA, TRAIÇÃO, VINGANÇA, SOBERBA e tantas outras que existem por aí. Façamos nosso Natal, algo do qual valha a pena nos lembrarmos no dia seguinte, sejamos um exemplo de amor e carinho, e assim estaremos em comunhão com nossos Orixás. Façamos dessa noite, uma verdadeira comunhão com nossos antepassados.

Sérgio Silveira

Tatetú N’Inkisi: Odé Mutaloiá.

odemutaloia@gmail.com

odemutaloia@hotmail.com