Contador de visitas

contador grátis

terça-feira, janeiro 06, 2009

NOS MOMENTOS MAIS DIFÍCEIS A FÉ É NOSSA SALVADORA!

Sabemos que o mundo anda perdido em um mar de crises que talvez seja um dos piores de todos os tempos. Temos a consciência de que é necessário lutarmos braviamente para que possamos transpor esse momento difícil que atravessa todo o planeta. Muitas vezes temos a impressão que estamos em um barco naufragando.

A crise seja ela por motivos alheios das grandes nações, seja por causa espiritual, mas, nos atinge da forma mais cruel que possa existir: se não mantivermos a calma, a paciência, ela atinge nosso convívio familiar.

Nessas horas é que nossa fé tem que ser mais forte que nunca! Temos que buscar em nossos Orixás, guias e mentores, a forma de solucionarmos esses problemas. Porém, não adianta recorrermos a eles, na esperança vã, de que vão com um passe de mágica resolver nossos problemas, afinal a crise é mundial!

Temos nesse momento, é que mostrar o amor que temos por Deus e nossos Orixás, a fé de que tudo se resolverá no momento mais propício para nós, e veremos que apesar da crise, manteremos nossas vidas, em certo nível que, se não nos for possível manter nossos padrões, ao menos não ficaremos com nossa mesa vazia.

Temos que nos acautelar muito, pois que, nessas horas, as forças do mal, tentam nos arrebatar para seu mundo de dor e sofrimento, e com certeza nossa vida tornar-se-á, um verdadeiro caos.

É imprescindível que busquemos à Deus e seus Ministros, nossos Orixás, e eles com certeza nos retribuirão com a calma que precisamos para resolvermos nossa situação. Afinal Deus é amor, o amor mais puro que possa existir.

Se nos deixarmos levar por forças estranhas às de Deus, condenaremo-nos e a nossos familiares a uma situação que dificilmente encontraremos solução mais tarde.

Diz uma célebre frase de William Shakespeare: “Não há noite tão longa que não encontre o amanhecer”! E essa frase é de uma incomensurável sabedoria! A noite nesse caso é a situação caótica que se encontra o mundo, onde para piorar, nação se volta contra nação, num brado de guerra, que tão somente tenta destruir inocentes, e mostra a estupidez e loucura do ser humano, esse ser que foi criado para ser a Imagem e Semelhança de Deus, mas que tão somente se assemelha em alguns casos a seres infernais.

Ao buscarmos o amor de Deus e nossos Santos, formamos uma barreira à nossa volta e esta impede a passagem das forças das trevas para nossas vidas. Certa vez ouvi de um sacerdote de religião cristã, que, “o diabo existe, mas somente entra em nossas vidas e nossa casa se for por nós convidado”. E como convidamos esse ser para nossas cassas? Xingando, esbravejando, blasfemando, brigando, soltando palavras e pensamentos negativos.

Acredito como todo candomblecista, de que inferno é alegoria, mas temos que aceitar que uma força do mal existe sim. E isso me foi passado por grandes sacerdotisas que temiam apenas o mencionar de alguns nomes e palavras. Essas Yalorixás me ensinaram que temos que nos ater ao que falamos, pois palavra solta no ar torna-se arma poderosa e pode se voltar contra nós mesmos.

É preciso queridos, amarmos a Deus mais que nunca, termos a certeza absoluta de que “somente o amor constrói”. E essa certeza é a mais pura fé que anima nossos espíritos e nos mantém na caminhada por esse mundo.

Termos fé em momentos tão difíceis é nos mostrarmos dignos da presença de Deus e de nossos Orixás, pois esses, tão somente esperam o momento certo, designado pela sabedoria Divina para interagirem em nossas vidas e assim nos trazer a solução para os problemas que nos afligem.

As obrigações são necessárias sim, mas, sobretudo como forma de solicitar a nossos Orixás, a força para nos manter firmes em nossa jornada, sem desistirmos de nossa cruz, que aceitamos antes mesmo de nos encarnarmos nessa terra.

Sérgio Silveira, Tatetú N’Inkisi, Odé Mutaloiá.

odemutaloia@hotmail.com

odemutaloia@gmail.com