Contador de visitas

contador grátis

quinta-feira, dezembro 31, 2015

Para pedir misericórdia à Oxalá em 2016

Escolha bem 1/2 kg de canjica branca, retirando toda a sujeira. Depois lave bem e coloque para cozinhar até que fique bem mole, no ponto de comer. Então, separe a mesma da água, reservando a água para um banho. Regre com mel de abelhas, coloque dentro de sua casa e ao lado acenda uma vela de sete dias branca e um copo ou quartinha de louça branca com água.

Deixe por três dias, e após, suspenda a tigela, colocando a canjica branca dentro de uma sacola e descarregue em água doce corrente e limpa. Deixe a vela queimar até terminar,e  após descarte a mesma e a água despeje em uma planta que não tenha espinhos.

A água onde cozinhou a canjica, depois de bem fria, coloque dentro da mesma um pouco de mel e após um banho de asseio com sabão de coco da cabeça aos pés, fique de joelhos dentro do banheiro e despeje esse banho da cabeça aos pés, não se enxugue e vista roupas claras. (Esse banho deve ser tomado preferencialmente antes de entregar a canjica para Oxalá, lembrando que não se deve praticar sexo antes da obrigação e depois dela, por ao menos 24 horas).

Para que Oxalá o ajude em 2016

Pegue uma boa quantidade de inhame chinês, lave e coloque para cozinhar com casca. Depois de cozido e frio, descasque-os e amasse em uma tigela bem limpa, com azeite de Oliva e mel de abelhas. Após estar uma massa uniforme, faça bolinhos com ela, quantos der. Então, escreva seus pedidos à lápis, coloque no prato e por cima, coloque os bolinhos de inhame. Arreie essa obrigação em local mais alto que sua cabeça. Ao lado acenda uma vela de sete dias branca e um copo com água. Após três dias, retire o prato, despeje os bolinhos em uma sacola e descarregue em água corrente e limpa, ou em local de mato limpo. A vela deixe acabar de queimar ao lado do copo, e, depois que queimar pode descartar e a água despeje em uma planta sem espinhos. 

segunda-feira, dezembro 21, 2015

Oxalá, Orixá regente de 2016




O ano de 2016 trará a regência ímpar de Oxalá. O pai de todos nós e de todos os Orixás. Aquele que ajudou Olorúm na criação do mundo, aquele que reina absoluto em todas as cabeças, independendo do Orixá que seja a pessoa.

Como regente de 2016, Oxalá mostra através do Oráculo de Ifá, que 2016 será um ano onde as pessoas tenderão a buscar a paz e harmonia. Será um ano que propiciará aos injustiçados, aos menos providos financeiramente, a terem uma condição mais digna. Isso porque, sendo Ele o Grande Pai de todos, traz ao mundo a redenção para os sedentos de justiça e de amor. Irá ainda o próximo ano, ser benéfico para os lares e as famílias que se uniram somente por causa do amor, afinal, o Pai Maior, traz a paz para os lares, a compreensão para os casais e a harmonia entre seus filhos.

Junto de Oxalá, temos Oyá, a grande guerreira e justiceira. E consequentemente seu esposo Xangô também caminha junto de Oxalá nesse ano que se iniciará dentro de alguns dias. Se por uma lado, Oxalá nos traz a paz para nossas vidas, por outro Xangô manda avisar que se acautelem todos os que fizeram mal para seu próximo, todos os que ludibriaram e roubaram, pois Oxalá traz também a justiça imparcial para nossas cabeças e para o mundo como um todo. Mostram os búzios, que, teremos um ano onde poderemos, à exemplo de 2015, comer com tranquilidade pois nosso Pai Oxalá, mostra as chuvas ainda banhando por um bom tempo nosso Planeta e com isso, nos garantindo o alimento que Odé tem nos proporcionado durante esse ano que se finda.

Podemos esperar uma reviravolta muito grande dentro de vários seguimentos da sociedade, pois, Oxalá mostra poderosos perdendo muito, e, sofrendo as consequências de uma vida desregrada, alimentada com roubo, calunias e injurias. Traz esse grande e valoroso Orixá, o fim de uma era, e o ressurgimento de uma outra, nos guiando para o equilíbrio que tanto precisamos para podermos galgar os degraus que nos levarão ao nosso Pai, Deus, o Onipotente.

Oyá nos mostra que, todos os que de uma forma ou de outra, prejudicaram ao menos favorecidos, serão punidos com rigor e imparcialidade, afinal, Deus e seus Ministros, nossos Orixás, não dormem e estão atentos à tudo que se passa na humanidade e no Planeta. Ai daqueles que fizeram os pobres sofrerem e chorarem, pois que, derramarão lagrimas amargas, pois a justiça reafirmo: será imparcial e impiedosa. Esta grande guerreira e justiceira, traz com seu carrego, toda a fúria de Olorúm e de seus Ministros, contra os que mentiram, roubaram e enganaram, e esses serão punidos de forma exemplar.

Dentro das casas de Santo, recomenda-se que se dê de comer a Oxalá já no primeiro dia do ano, cobrindo o local onde será feito o ritual com um alá branco, para que a paz reine nesse mundo, e que a justiça seja impiedosa com quem merecer.

Para os que amam os festejos de fim de ano, recomenda-se mais que nunca o uso do branco, que acendem seus altares e anjos da guarda com velas brancas, e que regrem seus Orixás com mel, pedindo a misericórdia a Oxalá. E se possível for, que coloquem ebô nos pés de seus Santos, para que esses venham na vibração pura de Oxalá, concedendo assim, a paz e a fartura para seus filhos. Mas, também para que nos defenda do poder nossos inimigos que quando se virem acuados, farão de tudo para destruir o máximo possível.

Peçamos a Oxalá que sim, que seja feita a justiça de forma imparcial em cima daqueles que vilipendiaram o povo e a coisa pública, que agiram com menoscabo com os menos favorecidos, que debocharam dos pobres e os condenaram ao sofrimento e amarguras.
Peçamos à Oxalá que, aqueles que nos prejudicaram, que roubaram e farrearam com o dinheiro público, sejam sim, vítimas da justiça mais firme para que aprendam de uma vez por todas que, o povo tem sim, Deus ao seu lado. Algumas intrigas irão ainda tentar arruinar mais do que já está, a situação do País e do povo, mas Oxalá nos mostra a saída para tudo, através da Justiça de Deus e de seus Ministros, os Orixás.

Se Oxalá é o pai da misericórdia, também é o pai da chibata, isso os que são feitos no Santo sabem. E ele virá reinando, pedindo paz para seu povo, mas chicoteando sem dó os que estão andando fora da Lei de Olorúm e dos mandamentos que Iká nos deixou. O Odú Ossá reinará esse ano, e com ele, a justiça de Xangô, Oyá e Yemanjá se farão presentes durante todo o ano de 2016 e assim sendo, que se cuidem os que amam o “jeitinho brasileiro”, pois que, se perderão em um mar de lagrimas e sofrimento.

Wárins será o Odú do primeiro dia do ano, e com ele, a guerra e destruição tentarão se instalarem na Terra, mas Oxalá estará atento para defender seu povo de todas as mazelas e agruras da vida. Mesmo as pessoas do Santo, que cometeram erros para com os demais, tomem medidas de arrependimento, pois que, nosso Pai, aí está, reinando absoluto, sendo auxiliado por Xangô e Oyá.

Feliz ano novo para todos nós, na presença de Oxalá, o Orixá regente de 2016!

Os dezesseis mandamentos de Iká:

1) wón ní kí wón ma fi èsúrú pe èsúrú
 2) wón ní kí wón ma fi èsúrú pe èsúrú
 3) wón ní kí wón ma fi odíde pe òòdè
 4) wón ní kí wón ma fi ewé Ìrókò pe ewé Oriro
 5) wón ní kí wón ma fi àimòwè bá won dé odò
 6) wón ní kí wón ma fi àìlókó bá won ké háin-háin
 7) wón ní kí wón ma gba onà èbùrú wo'lé Àkàlà
 8) wón ní kí wón ma fi ìkóóde nu ìdí
 9) wón ní kí wón ma su sí epo
 10) wón ní kí wón ma tò sí àfò
 11) wón ní kí wón ma gba òpá l'ówó afójú
 12) wón ní kí wón ma gba òpá l'ówó ògbó
 13) wón ní kí wón ma gba obìnrin ògbóni
 14) wón ní kí wón ma gba obìnrin òré
 15) wón ní kí wón ma s'òrò ìmùlè l'éhìn
16) wón ní kí wón ma sàn-án ìbàntè awo Wón dé'lé ayé tán ohun tí wón ní kí wón má se wón nse Wón wá bèrè síí kú

Wón fí igbe ta, wón ní Òrúnmìlà npa wón

Òrúnmìlà ní òun kó l'óún npa wón

Òrúnmìlà ní àìpa ìkìlò mó o won ló npa wón

Àgbà re d'owó re.

Tradução para o português

1 - não digam o que não sabem (èsúrú pode ser tanto uma conta sagrada como um nome de uma pessoa);
 2 - não façam ritos que não saibam fazer (novamente avisa não troquem a conta sagrada pelo nome);
 3 - não enganem as pessoas (trocando a pena de papagaio por morcego);
 4 - não conduzam as pessoas a uma vida falsa (mostrando a folha de ìrókò e dizendo que é folha de oriro);
 5 - não queiram ser uma coisa que vocês não são (não queiram nadar se vocês não conhecem o rio);
 6 - não sejam orgulhosos e egocêntricos;
 7 - não busquem o conselho de Ifá com más intenções ou falsidade
 (Àkàlà é um título usado para Òrúnmìlà);
 8 - não rompam (não mudem) ou revelem os ritos sagrados, fazendo mal uso deles;
 09 - não sujem os objetos sagrados com as impurezas dos Homens; busquem nos ritos sagrados somente coisas boas;
 10- os templos devem ser lugares puros, onde a sujeira do caráter humano deve ser lavada;
 11- não desrespeitem ou inferiorizem os que têm maior dificuldade de assimilar conhecimentos ou deficiências no caráter, ajude-os a mudar;
 12- não desrespeitem os mais velhos, a sabedoria está com eles, a vida os fez aprender;
 13- não desrespeitem as linhas de condutas morais;
 14- nunca traiam a confiança de seu semelhante;
 15- nunca revelem segredos que lhe são confiados; falar pouco e somente o necessário demonstra sabedoria;
 16- respeitem os que possuem cargos de responsabilidade maior; o Babalaô é um Pai, portanto, é devido grande respeito aos Pais.